INSPIRADA NOS QUESTIONAMENTOS DA FILHA, GISELA DE CASTRO LANÇA DOIS LIVROS PARA O PÚBLICO INFANTIL

Gisela Casstro Foto:Sabrina Paz

Depois do sucesso de Preta de Ébano, a autora lança “Leon” e “A curiosidade matou o gato?” falando de temas como inclusão, bullying e potencialidades das crianças

Criança tem cada ideia! E cada ideia vira livro. Pelo menos, para a escritora Gisela de Castro, que transforma as conversas com a filha em histórias inspiradoras. E assim ela escreveu mais duas obras voltadas para a garotada – Leon (32 páginas) e A curiosidade matou o gato? (32 páginas) – com lançamento marcado para o dia 11 de dezembro, às 11 horas, na Pequeno Benjamim Livraria, em Ipanema. Os livros  são mais duas obras produzidas pela Zucca Produções e lançadas pela editora Zucca Books.

Com ilustrações de Guto Lins, professor do departamento de Artes e Design da PUC-Rio desde 1995, Leon é voltado para crianças da pré-escola e da primeira fase do Ensino Fundamental. A história é sobre um leãozinho muito carismático, que tem questões na escola, com os amigos e com a diretora. Todos o acusam de alguma coisa, mas, no fundo, tudo o que ele quer é amar e ser amado.

Falando de temas delicados como os comportamentos agressivos na primeira infância, o livro ajuda as crianças a expressarem seus sentimentos e pensamentos, assim como contribui para que as famílias reflitam e procurem criar um espaço seguro de fala e escuta entre pais e filhos. E Gisela sabe o quanto esse diálogo afetuoso é importante para todos!

Aliás, foi conversando com a filha Lara, então com seis anos de idade, que teve inspiração para escrever A curiosidade matou o gato?, direcionado para os pequenos de 8 a 12 anos, que chega às livrarias numa linda edição bilingue Português/Inglês, com ilustrações de Luci Vilanova.

“Eu sempre digo que a Lara é minha musa inspiradora. Eu passei a dar uma atenção maior ao universo infantil, do qual eu sempre fui próxima, depois que ela nasceu”, conta Gisela revelando de onde vem a inspiração para tantas histórias deliciosas, como Preta de Ébano, que também surgiu a partir de um questionamento de Lara.

Um dia, a filha chegou da escola contando que havia sido repreendida pela professora. A causa? Lara era muito curiosa, mexia em tudo. “Você não sabe que a curiosidade matou o gato?”, zangou a professora com a aluna, que chegou em casa querendo saber como a curiosidade havia matado o gato. Gisela, que também havia sido uma menina ávida por saber de tudo, refletiu sobre a repreensão: curiosidade é qualidade essencial; a ciência, por exemplo, não avançaria sem a curiosidade.

A própria escritora lembra que ela quebrava os brinquedos para tentar entender como eles funcionavam e, claro, levava muita bronca dos pais. Para eles, ela só pensava em destruir tudo. Então, voltando no tempo e recordando essas passagens de sua infância, na memória atiçada pelo questionamento da filha, Gisela resolveu valorizar a curiosidade e chamar a atenção dos pais para isso. Afinal de contas, “curiosidade é algo que deve ser levado muito a sério”, salienta a autora.

E aí? Ficou curioso? Então, aproveita o lançamento de Leon e A curiosidade matou o gato? no dia 11 de dezembro, na Pequeno Benjamim Livraria, em Ipanema, e garanta seus exemplares autografados por Gisela de Castro.

 

A autora

Gisela de Castro nasceu em Santa Teresa, no Rio de Janeiro-RJ. É multiartista, produtora, sócia e diretora artística da Editora Zucca Books e da Zucca Produções, desde 2003. Licenciada em Ciências Biológicas pela UFRJ, estudou Metodologia do Ensino na Unicamp e agora é mestranda em Mídias Criativas na ECO/UFRJ. É autora contratada da Agência Riff, inaugurada em 1991, que representa grandes nomes da literatura brasileira e as principais editoras no Brasil e em Portugal. Recebeu prêmios como atriz e escritora, e foi finalista do Prêmio Jabuti 2020, pelo livro “Um voo sobre as capitais brasileiras” (2019). Em 2017, lançou “A asa da borboleta e outras sutilezas”, com ilustrações de Anna Bella Geiger. Está com dois livros no prelo: “A curiosidade matou o gato?”, com ilustrações de Luci Vilanova, e “Leon”, em parceria com Guto Lins. “Preta de Ébano”, lançamento da Zucca Books em 2021, virou peça homônima com várias temporadas previstas em modos presencial e virtual.

Ficha técnica – A curiosidade matou o gato?

Editores: Gisela de Castro e Julio Augusto Zucca

Texto e coordenação geral: Gisela de Castro

Capa e Ilustrações: Luci Vilanova

Projeto Gráfico: Vini Couto e Luci Vilanova

Revisão em português: Lara de Castro Oliveira e Vitória de Castro Fialho

Tradução para o inglês: Gisela de Castro

Revisão em inglês: Marina Fidalgo e Costa (UK), Ceci Esteves Freire (USA) e Catherine Anne Thompson (USA)

Assessoria de Imprensa: Sheila Gomes

Realização: Zucca Produções

 

Ficha técnica – Leon  

Texto e coordenação geral: Gisela de Castro

Coordenação editorial: Gisela de Castro e Julio Augusto Zucca

Projeto gráfico: Adriana e Guto Lins | Manifesto

Ilustrações: Guto Lins

Revisão: Lara de Castro Oliveira e Vitória de Castro Fialho

Assessoria de Imprensa: Sheila Gomes

Realização: Zucca Produções

 

Serviço

Lançamento dos livros Leon e A curiosidade matou o gato?

Sessão de autógrafos da autora Gisela de Castro

Data: 11 de dezembro

Horário: 11h

Local: Pequeno Benjamim Livraria

Endereço: R. Visconde de Pirajá, 595, loja 113 – Ipanema, Rio de Janeiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.