Tecnologia da Informação é um mercado amplo e contrata muitos profissionais iniciantes

O mercado de TI está em crescimento e os profissionais que se desenvolverem terão muitas oportunidades / foto divulgação Pixabay

Por Débora Damasceno

A Pandemia da Covid 19 acelerou o desenvolvimento das empresas nas áreas da Tecnologia da Informação (TI). Hoje o setor tem grande demanda, mas pouca mão de obra no mercado. A busca por profissionais juniores no 1° semestre de 2021 chegou a 170%, recém formados, graduados e técnicos na área são requisitados. Empresas como a Zup em 2021 contratou 400 especialistas.

Na busca por oportunidades de trabalho amplie seu olhar para instituições além das tradicionais da área de TI: IBM, Google,TOTVS, Microsoft e outras. As vagas vão desde startups de varejo a empresas de finanças, saúde, fabricantes de alimentos, bebidas, pagamentos entre outras. O principal objetivo desse especialista é criar sistemas de computadores e comunicação dentro das instituições que são tecnologicamente desenvolvidas.

Entre as áreas disponíveis para o profissional seguir então:
Segurança da informação, esse setor deve evitar que hackers invadam e tomem os dados da instituição causando panes em sites e violando informações. A graduação não é obrigatória, no entanto o conhecimento dos códigos, dos programas, das regras e protocolos de segurança é essencial,

Cientista de Dados, transforma os dados em modelos de aprendizagem de máquinas ou criação de modelos estatísticos,

Analista de dados, transforma os dados em informação, em formatos de relatórios e dashboards,

Engenheiro de dados, faz a limpeza e tratamento da informação,

OBS: Para cientistas, analistas e engenheiros de dados geralmente a graduação escolhida é “ciência da computação” ou “ciência de dados”.

Desenvolvimento de Software, consiste na criação de todas as ferramentas usadas nos computadores e na internet. Existe uma subdivisão dentro desse setor entre; front-end: responsável pela parte visual e interativa com o usuário; back-end: corresponde a parte não vista do programa pelos usuários e mobile: focado em programa para celulares.

OBS: A Formação desejada para exercer a profissão é “ciência da computação” e “análise de sistema”.

Infraestrutura de TI, seu trabalho é manter a estrutura de tecnologia da empresa, manutenção e gestão de hardwares, redes e softwares. A Formação tradicional não é obrigatória, no entanto deve ser comprovado o conhecimento nas ferramentas: bancos de dados e serviços de nuvem.

Segue algumas dicas de como se inserir na área:
Siga sua empresa favorita nas redes sociais, nos sites e meios de comunicação. Elas podem solicitar profissionais de TI e você poderá se candidatar assim que surgir.
Não se restringe às instituições de TI na hora da busca.
Fique atento porque alguns cargos podem ser solicitados com a grafia em inglês.
Crie seu portfólio participando de grupos e se disponibilizando a trabalhar online com empresas que abrem oportunidade para usuários cadastrados ajudarem em projetos privados. Como Github, Google Developers, PyLadies, Medium e outros.
Hoje em dia existem cursos técnicos que direcionam o estudante para o mercado de trabalho: Digital House, Let`s Code e Edtech.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.