Sofrimento parcelado

 

Funcionários da Nilopolitana Transportes estão revoltados com a administração da empresa.
De acordo com centenas de denúncias enviadas a página e a diversos outros sites de notícias, revelam um cenário de desprezo com o trabalhador rodoviário.
O mês de março,mesmo parcelado, ainda não foi complemente pago. Alguns viram em suas contas algo em tono de 100, 50 reais oque não é suficiente para cobrir suas necessidades. Um de seus colaboradores conversou conosco por telefone, revelando seu drama.

“… É uma situação humilhante, tenho filhos, como vou fazer ? Assinamos o acordo de redução da jornada de trabalho em 70% e mesmo assim a empresa nos obriga a trabalhar mais 5 dias. O ticket está atrasado e vai ser parcelado. Moro de aluguel, oque vou fazer?”

A empresa já foi alvo de escândalos quando seu proprietário agrediu fisicamente um motorista na porta da garagem

Ligamos para a empresa e ninguém se dispôs a falar.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*