Netflix lança Smiley, nova comédia romântica com temática LGBTQIAPN+

FOTO: Divulgação Netflix

FOTO: Divulgação Netflix

 

Os 15 primeiros minutos do episódio de número 1 da temporada da série Smiley, podem lhe parecer bobos, e realmente são. Entretanto, a nova comédia romântica voltada para o público LGBTQIAPN+, produzida pela Netflix e que estreou há pouco menos de um mês, já está entre as 10 mais assistidas na plataforma de streaming em todo o planeta, e fez o público exaltar uma segunda leva de novos episódios.

Smiley, surgiu de um espetáculo de teatro que ficou por 10 anos em cartaz, do autor Guillem Clua. O seriado, que tem como nome um emoticon muito usado nas redes sociais, fala de dois homens enfrentando seus medos, inseguranças e oportunidades perdidas em busca de um amor verdadeiro em Barcelona, na Espanha, e conta a história de encontros e desencontros entre o casal homoafetivo  Álex e Bruno, e os conflitos vividos pelo seus grupos de amigos.

A comédia romântica tem início a partir do garçom do Bar Bero, Álex, personagem do ator espanhol Carlos Cuerva, narrando suas frustrações amorosas e os inúmeros relacionamentos sem sucesso. Cansado de ser mal correspondido, Álex resolve ligar para o ex-namorado com quem viveu um conto de fadas, mas que após algumas semanas sumiu do mapa. No entanto, ele não se dá conta de que a mensagem de voz acaba sendo enviada para um desconhecido, ato que teria consequências inesperadas: a mensagem foi enviada por engano para Bruno, que não sabia de nada. Esse primeiro erro desencadeia uma série de situações que mudarão para sempre a vida dos dois.

O ator espanhol Miki Esparbé  também faz parte do elenco de Smiley, como o romântico Bruno, que passa a temporada toda apaixonado por Álex. Ele interpreta o arquiteto da Sun Er Arquitectes, empresa do sogro do seu melhor amigo, Albert, personagem de Eduardo Lioveras, casado com Nuria, e pai de três crianças. Miki, já um velho conhecido do público por suas atuações em Off Course, Barcelona, ​​nit d’estiu e Cuerpo de élite.

FOTO: Divulgação Netflix

A nova série da Netflix aborda variados temas relacionados a comunidade LGBTQIAP+ de maneira leve, descomplicada e bem perspicaz, e traz à tona assuntos delicados sem estereotipar, e todos narrados com muito humor. Os pontos altos da primeira temporada de Smiley são os encontros e desencontros,  as buscas incessantes de Álex por um companheiro, e o receio dele de procurar Bruno e se declarar. A trama mostra também que os dramas vividos nas relações não são atributos apenas dos casais heteronormativos, mas que os relacionamentos homoafetivos vivem os mesmos dilemas conjugais.

“Carlos soube, acho que pelo Twitter, que a produtora estava preparando a adaptação de ‘Smiley’ e me contou. Ele se juntou com o representante dele, e eu com a minha. Fizemos o caminho, cada um na sua. O período de testes foi muito extenso, com muitos atores tentando estar ali”, revelou o ator Esparbé na coletiva de imprensa do lançamento da série.

O seriado conta com o elenco formado por Cedrick Mughisha, Brian McGovern, Pepón Nieto, Giannina Fruttero, Ramon Pujol , Ruth Llopis, Eduardo Lloveras, Ann Perelló, Amparo Fernández, Yasmina Drissi, Pep Munné, Meritxell Calvo, Carles Sanjaime, Pilar Martínez, Carlos Noriega e Itsaso Frasquier.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *