Golpista se passa por astronauta precisando de ajuda para voltar à terra e rouba R$160 mil de idosa japonesa

Astronauta Foto: Reprodução

Os golpes emocionais estão cada vez mais em alta, o que já era alertado pela youtuber Danny Boggione do canal Sobrevivendo na Turquia há anos. O “golpe do amor” consiste no ato de enganar suas vítimas que são emocionalmente dependentes ou solitárias. O bandido traça o perfil e estuda o comportamento da vítima para aplicar o golpe. Pessoas divorciadas, solteiras com maior idade e mulheres mais velhas são os principais alvos do golpe. O criminoso se aproxima virtualmente da vítima aos poucos, a conquistando, enviando mensagens e fazendo juras de amor, até que uma fatalidade acontece em sua vida e é preciso que a vítima envie dinheiro. Outro golpe do amor muito comum, ocorre quando um estrangeiro se apaixona por alguém de outro país e decide lhe enviar riquezas, mas para recebê-las, é preciso pagar uma taxa de 5 mil reais para liberar. Sendo este preço, uma forma de roubar o dinheiro da vítima, com ação de um criminoso que se passa por alguém da alfandega.

Um criminoso conseguiu enganar uma idosa de 65 anos usando o emocional. O homem se disse apaixonado pela mulher e a enganou dizendo que trabalhava na Estação Espacial Internacional. Uma mulher japonesa entrou em contato com a polícia após receber pedidos de dinheiro de um suposto astronauta que precisava voltar para a Terra. Antes de ir à polícia, a senhora já havia enviado 4,4 milhões de ienes, que é equivalente a R$160 mil reais.

Astronauta Foto: Reprodução

A mulher teria conhecido o homem em junho pelo Instagram. O perfil do homem possuía diversas fotos do espaço, o que ajudou a senhora a cair na história. A história contada por ele durante a troca de mensagens era de que trabalhava na Estação Espacial Internacional e que lá, os astronautas têm acesso limitado ao serviço de celular. A história avançou para além do Instagram, já que ele e a vítima começaram a manter contato pelo LINE, um dos principais aplicativos de conversa no Japão, um concorrente do Whatsapp.

O golpista fazia afirmações de que queria viver com ela no Japão e usava frases como “Dizer isso mil vezes não será suficiente, mas continuarei dizendo. Eu te amo.”. A mulher fez o pagamento em cinco parcelas, de 19 de agosto a 5 de setembro, com o intuito de trazer seu noivo de volta para a Terra para enfim se casarem. Os oficiais da Delegacia de Polícia Higashiomi, da província de Shiga, estão investigando o caso.

Brasileira cai em golpe do falso Johnny Depp

Uma brasileira aposentada perdeu R$208 mil para um golpista que se passava pelo ator Johnny Depp. O homem conversava com a vítima por meio de redes sociais, a mulher acreditava fielmente que estava conversando com o ator. O homem pediu dinheiro para a brasileira, pois precisava pagar o dinheiro das condenações do processo judicial contra sua ex-mulher Amber Heard.

A aposentada disse ter vendido um carro e uma casa para realizar o depósito de R$ 208 mil para o golpista. Além de ter realizado uma cirurgia plástica para ficar mais bonita quando fosse morar em Los Angeles com o ator, o que foi prometido pelo golpista. O golpe foi percebido quando o filho da vítima questionou sobre as transferências que a mãe vinha fazendo. O dinheiro era enviado diretamente para a conta de um brasileiro no Banco do Brasil, que segundo o golpista, era o amigo brasileiro do advogado de Depp.

A brasileira exigiu que o banco devolvesse o dinheiro “por falta de manutenção e fiscalização”, e alegou que a culpa era do banco, por deixar que qualquer pessoa criasse uma conta. Por sua vez, a justiça rejeitou o pedido, com alegação de que as transferências tenham sido feitas por livre e espontânea vontade da aposentada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *