Mulher-Hulk: série estreia com 94% de aprovação

Vencedora do EMMY Tatiana Maslany, é Jennifer Walter em Mulher-Hulk

A nova série da Marvel pela Disney+, Mulher-Hulk, vem dando o que falar desde antes da estreia, isso porque quando o primeiro trailer foi lançado, fãs perceberam que o CGI (imagens geradas por computador), da aparência de Jennifer Walter como a Hulk, estava muito ruim, em comparação a outros trabalhos do Universo Cinematográfico da Marvel. Após muitas reclamações, um novo teaser da série foi lançado, com uma computação melhorada.

Tendo a estreia no dia 18 de agosto, o primeiro episódio da trama surpreendeu aos fãs e também os críticos, a nota de Mulher-Hulk: defensora de heróis, pelo Rotten Tomatoes, um site americano de criticas de filmes e series, é de 88%, e no dia de lançamento, chegou a alcançar 94% de aprovação.

Inspirada nos quadrinhos de mesmo nome e criada por Jessica Gao e estrelada pela, ganhadora do EMMY, Tatiana Maslany (Orphan Black), conta a história de Jennifer Walter, uma advogada bem sucedida, até sofrer um acidente, junto com seu primo Bruce Benner, e ela por acaso acaba se tornando a versão feminina do Hulk. Marcada por comédia e sarcasmo, o seriado também quebra a quarta parede, ou seja, a personagem principal, tem consciência de que está em uma produção e conversa com o público, contando as coisas do seu dia a dia e fazendo comentários sobre as situações.

Após confirma a presença de Wolverine no UCM, ao mencionar uma briga de bar com um cara com garra de metais nas mãos, outra presença confirmada na série, que irá aparecer no terceiro episódio, que lançará dia 1 de setembro, é a cantora americana Megan Thee Stalion, que também é presença confirmada no Rock in Rio 2022, no dia 11 de setembro. A cantora de Body aparecerá como ela mesma. A comédia jurídica também confirmou a aparição de Charlie Cox, o Demolidor.

Megan Thee Stalion fará participação em Mulher-Hulk como ela mesma

Apesar dos muitos elogios, a série tem dado o que falar nas redes sociais, já que o público alega que o tamanho dos episódios está muito pequeno, em comparações a outras produções da Marvel para a Disney+, como “Loki”, “Gavião Arqueiro”, “…E se…?” e “WandaVision”, possuem mais tempo de duração, o segundo episódio quebrou o recorde de duração das séries da UCM, ele teve com média de duração 30 minutos, 7 minutos a menos que o primeiro. O primeiro lugar era de WandaVision, onde o primeiro capitulo teve 31 minutos de duração. O terceiro episódio terá em média 32 minutos e o quarto 34 minutos, já contando os créditos. Lembrando que terá 10 episódios e é lançado um por semana.

Serie da Disney+ divide opinião do público no twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.