O corredor TransBrasil


Previsto para começar a funcionar ainda este ano, o corredor TransBrasil pode se tornar um divisor de águas no estado para o setor de transportes.
Ligando a zona oeste a Rodoviária Novo Rio, cortando diversos bairros como Coelho Neto, Guadalupe, Irajá e Ramos, a faixa seletiva proporcionará uma redução drástica no número de coletivos da cidade, provocando um enorme desemprego no setor, tanto na capital quanto na baixada fluminense.
A redução de duas pistas de rolamento, provocará um verdadeiro nó em regiões onde existem grandes concentrações de depósitos e fábricas que serão as mais afetadas. O comércio local, a beira da via também poderá ser atingido, a exemplo do que ocorreu no centro do Rio, pós VLT, devido a redução de pedestres.
O corredor TransBrasil certamente será o ponto inicial para outros empreendimentos semelhantes já previstos, mas que nunca saíram do papel. Pelo menos por enquanto!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*