Já são 49 casos confirmados no RJ. Fique atento aos cuidados contra esse vírus

Por G1 Rio e TV Globo

RIO – A falta de leitos disponíveis para atender a projeções que indicam que apenas a cidade do Rio de Janeiro pode ter 24 mil casos de coronavirus em 49 dias foi uma das justificativas para um decreto do prefeito Marcelo Crivella publicado nesta quarta-feira no Diário Oficial do Município que declara “Situação de Emergência em face da pandemia””.

O problema na oferta de leitos aparece nas justificativas do decreto. O prefeito observa que em razão da epidemia pelo menos 5% de todos leitos de UTI e 10% de Unidades Intermediárias deverão ser ocupados por vítimas da epidemia.

À medida que o coronavírus se espalha, as pessoas procuram tomar precauções em relação a viagens de avião e ao uso de transporte público. Em geral, todos os vírus que afetam o trato respiratório são transmitidos pela via aérea ou pelo contato das mãos com a boca ou com os olhos – respirando no mesmo ambiente, tocando algo que uma pessoa infectada tocou, por exemplo. Até agora, a grande maioria dos casos do novo coronavírus registrados foram transmitidos entre pessoas com contato próximo, como familiares ou amigos e profissionais de saúde.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*