Alô, Prefeito #3

Vista do Pão de Açúcar ao fundo contrasta com casas de favela em primeiro plano. Qualidade da moradia é reflexo do poder aquisitivo diverso dos moradores do Rio Fotógrafa: Dany. Reprodução: Internet.

No episódio dessa semana, trazemos um dos problemas que afligem uma grande parcela dos Cariocas e que cresceu com a crise econômica: Habitação.

Por Luis Cesar Pereira

Estudante de Jornalismo

Você, cidadão carioca, quando andar pelas ruas da nossa cidade, faça o seguinte exercício de reflexão: Observe a quantidade de sem tetos, pessoas vagando pela cidade sem habitação. Tenho certeza que você verá, se prestar atenção, muita gente. A falta de habitação é um problema tão evidente como a violência, saúde e o desemprego na cidade maravilhosa.

Tópicos precisam ser analisados: Qualidade da moradia, preço dos imóveis e a falta de incentivos da prefeitura do Rio para resolver a questão.

No que tange à moradia, é notória a quantidade de casas de favelas e morros. Fruto da desigualdade social e da falta de planejamento urbano do estado ao longo do tempo. O problema foi se espalhando e hoje parece até utópico pensar que um dia a população que habita esses locais poderão ter uma vida diferente.

O preço dos imóveis também é digno de nota. Com a pandemia, houve um decréscimo no valor dos imóveis na capital carioca em julho: -0,10%. Os dados são do Banco Central(BC). Irrisório, é verdade. Mas importante pois vai na contramão do aumento de preços nacionalmente. A burocracia e riscos de moradia também são entraves na aquisição de um imóvel.

E a falta de incentivos do poder público no Rio é histórica. Se tivéssemos o cuidado com a planificação da cidade, cuidados com a população mais vulnerável economicamente e mais programas como o “Minha casa, minha vida” essa situação da falta de habitação poderia ser resolvida no médio e longo prazo.

Fica aí o desafio para a próxima gestão do Rio: A habitação. Esse espaço trará na próxima semana um tópico que é responsável por grande parte da renda gerada na cidade: O Turismo.

Dúvidas? Sugestões? Escrevam abaixo e obrigado(a) se vc chegou até aqui. Até a próxima!

    Série de casarões no Centro do Rio. Prédios antigos e carentes de conservação marcam o Centro da Cidade. Foto: Internet

 

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*